sábado, 3 de junho de 2017

A Vida realmente Não Para.


Hoje acordei pensando na rapidez com que os dias, semanas, meses e anos tem passado tão rápidos ultimamente.

Me lembro de quando criança, em que um dia demorava tanto a passar  com suas horas lentas, semanas imensas, os meses nem se fala, e o ano ...ah esse parecia fugir do meu alcance tanto que rezava para que chegasse enfim as férias escolares de julho e mais alguns meses depois finalmente o Natal e consequentemente meu aniversário ..rs

Como era lindo quando dezembro despontava e eu começava a contar cada segundo para armar a árvore e esperar Papai Noel, e depois enfim o verão, onde se podia brincar todos os dias, dormir mais tarde (o que naquele tempo significava no máximo 22:00 horas e olhe lá), isso dependendo da vontade e humor de meus pais. rs

Acordar era maravilhoso ..saber que podia olhar pro relógio e não ter aula era sempre um momento radiante e sempre muito curtido até o fim do dia.

E então os anos foram passando, eu fui crescendo e tudo foi mudando ..as horas corriam, os meses voavam e os anos se transformaram nos meses de minha infância .

Mas acho que não são eles (dias,semanas,meses e anos) que correm ou andam que nem tartaruga...rs
São a nossa visão que muda quando ao crescermos, esqueçamos ou melhor, deixemos de lado a arte de apreciar cada segundo com outros olhos (os olhos de uma criança)...
Acho que falta a todos nós uma visão mais presente do momento e menos ansiedade do que virá a acontecer mais a frente.


Que então saibamos voltar a ver a vida como um milagre que não se repete. E que pedindo emprestado o olhar que um dia tivemos (nosso olhar de criança), saibamos fazer de cada dia, um novo dia radiante ...

Uma arte que precisamos voltar a ter, não como opção, mas como necessidade, para que nossos dias,semanas, meses e anos voltem a ter sempre o mesmo brilho de nossa infância.

A vida não para, mas continua rara.

Abraços,

Rosangela Lessa





Aqui Pensando

O inverno promete muito frio , pois nem bem chegou e já nos tem antecipado com temperaturas baixíssimas e noites em que  o que mais desejamo...