quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Olá queridos leitores e amigos.
Gostaria de agradecer aos que de alguma forma contribuíram com esse blog, seja como leitores, seja comentando ou apenas dando um pouquinho do seu tempo para conhecer o que tantas vezes escrevi eu mesma sobre meus sentimentos, ou postei de pessoas que admiro.

Brevemente esse blog vai ser excluído.
Ainda não decidi se farei um outro , visto que deixei aqui muitas das coisas boas e nem tanto que vivi nos últimos anos de minha vida.
Vou ficar com saudades, mas a vida a cada dia é um recomeço, e assim penso que o hoje é só mais um dia de aprendizado e amanhã quem saberá é só Deus.
Quero dizer que foi muito bom compartilhar com vocês um muito do que sou, e das minhas intensidades, alegrias e muito amor, sempre muito.
E que o amor continuará fazendo parte de mim isso é certo , assim como as minhas virtudes e defeitos.
Muito obrigada a vocês.
Sejam felizes e vivam intensamente a vida, e um último pedido, sejam sempre vocês mesmos, ok?!

Beijos e abraços.


Eu

Falar do outros é  fácil , nem precisamos pensar muito e já fazemos conclusões e tecemos teses sobre esse ou esta pessoa ...parece até que dá um certo prazer desfilarmos os defeitos e raramente as qualidades alheias.

Mas entrando no assunto que aqui me trouxe a escrever hoje , queria falar um pouco sobre mim mesma .
Sei que talvez seja uma das coisas mais difíceis que já me aventurei a escrever nesse blog .
Não sei se conseguirei expressar tudo que quero ,mas enfim tentarei ...

Sou uma mulher que apesar da idade ainda me equilibro entre a maturidade e a infância distante ....que ainda sente um friozinho na barriga ao se deparar com um olhar e adora seduzir e ser seduzida..que ri as gargalhadas ao ver uma cena divertida em um filme de comédia ...que chora em uma cena emocionante de filme de animação, e por vezes sente raiva de si mesma por isso...que sente  indignação quando vê alguma cena de maltrato a algum animal...que sente o coração bater mais forte ao receber um telefonema, e-mail ou mensagem de alguém que me encante...que enfim aprendeu a viver cada dia como se fosse único e um milagre a ser aproveitado e bem sorvido.

Uma mulher que sente prazer em ser gentil com os amigos queridos , e que por vezes é julgada por ser expontânea demais , por ser transparente ate a raiz dos cabelos e não fingir jamais uma educação forçada.

Que acorda todos os dias com uma fome do novo e se abençoa e abençoa e deseja o melhor a todos ...que torce por quem nem imagina e perdoa com a mesma facilidade com que se irrita com alguém... sai sempre com um olhar treinado a só ver o que me faça bem , que me acrescente.

Que vibra de alegria quando vê um cãozinho ou gatinho que corresponde a um carinho, e se emociona com um sorriso de criança.
Que sente medo de ventania , e  felicidade com uma chuvinha ao adormecer...que ainda adora seus bichinhos de pelúcia e comer chocolate aos pedacinhos .
Que ama o mar e se sente mais calma ao se perder olhando esse horizonte sem fim...

Que acredita em anjos , santos e todos os orixás ..que pede a benção pela manhã a virgem Maria , a proteção a Iemanjá, agradece e ora por todos a Jesus, e pede calma e equilíbrio ao Buda.
Que já teve chorou muitas vezes , mas imensamente já sorriu bem mais vezes..que teve muitos motivos para desistir ,e bem mais para continuar .

Que a ama a vida acima de tudo e a si mesma.
Algum que sente imenso carinho por cada pessoa que passou por sua vida e deixou uma lição de crescimento e amor.
Que enfim é uma pessoa comum , que ainda tem muito que aprender e repartir .

Beijos em todos .

Rosangela  Lessa


domingo, 4 de dezembro de 2016

Traduzir-se
Uma parte de mim
é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.
Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.
Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.
Uma parte de mim
almoça e janta:
outra parte
se espanta.
Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
se sabe de repente.
Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.
Traduzir-se uma parte
na outra parte
– que é uma questão
de vida ou morte –
será arte?

(Ferreira Gullar)

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

"Amigo é coisa pra se guardar debaixo de sete chaves, dentro do coração" diz a letra dessa inesquecível e linda música cantada por Milton Nascimento, Canção da América.
É um dos mais belos hinos de celebração de união de verdadeiros amigos, diria irmãos.
Me lembro que sempre foi tocada em várias formaturas e jamais deixou de emocionar.

Hoje em dia a palavra amizade tem se banalizado tanto, que qualquer pessoa que se conheça ontem já é chamada de amiga.
Talvez as redes sociais tenham ido longe demais com essa difusão generalizada da palavra "amizade", pois sabemos que na grande maioria dos casos não se pode tão prematuramente ter esse sentimento por alguém que mal conhecemos e que com certeza não se encaixaria na categoria de pessoas confiáveis (o que é fundamental em uma relação dita de amizade).

Indo um pouco mais fundo te pergunto em quem você confiaria um segredo ou problema mais grave, sabendo que isso estaria em segurança com essa pessoa dita amiga?
Acho que sei a resposta, porque com certeza não podemos nos abrir com alguém que não nos fizesse primeiramente se sentir tão acolhido a ponto dessa revelação.
Num mundo onde ter mais substituiu o amar mais, existem os que prefiram ir onde a falsidade e o interesse seja mais útil e agradável.

Talvez o que realmente falte são pessoas amigas e não amigas pessoas.
Sei lá, tanto faz o que eu pense, mas mesmo assim eu serei sempre a mesma e com a mesma essência intacta, e não um fantoche (como a maioria dos que vejo por aí).

Num mundo globalizado , tecnológico e cada vez mais estéril de sentimentos, ousar ser sincera, sentimental e autêntica , virou sinônimo de ser antiquada e fora de moda
.

Mas com toda sinceridade que me cabe, prefiro mil vez ser desse jeito do que a mais moderninha das pessoas que com suas máscaras de certinhas,  escondem o que há de mais perigoso e cruel que é a falsa modéstia e o oportunismo.
Esse sim é o perfil que mais tem me enojado nos últimos tempos.

Que eu continue sempre evoluindo, aprendendo e amando cada dia, mais sem perder o que de melhor eu tenho, que é saber ser "Amiga"com A maiúsculo.

Abraços e obrigada aos que leram até aqui.
Rosangela Lessa. 


quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Sonho bom é sonho sonhado junto, ou pelo menos desejado.
To me despedindo de você e me devolvendo de novo pra mim.
Foi bom enquanto tentativa, mas pena que foi só de mim pra você.
Você  não fez nada, a não ser desenterrar os seus  fantasmas e os erros do meu passado.
Não quero sofrer duas vezes pelo que já passou. eu esqueci, mas você não.
Você não tem culpa de se preservar, mas eu sim de continuar insistindo em algo que só eu desejei.
Melhor cada um seguir sua história e seu caminho.
A amizade continuará se depender de mim, mas o sonho que tive um dia, acaba hoje.

Rosangela Lessa


Deixo um texto da Isabela Freitas só como complemento ao que a mim faltou dizer:

"Ou você quer, ou não quer. Não precisa ser pra sempre, mas precisa ser agora. Precisa ser certeza. Nós não precisamos casar, ter dois filhos, ou uma cerquinha branca. Eu nem sei se quero essas coisas! Eu apenas quero. Do verbo querer. Querer qualquer coisa. Quero que você também queira. Um beijo, um abraço, um amasso demorado. Quero que você não pense no amanhã, ou no que as pessoas irão falar. Elas sempre falam. Quero ser intensa, quero gritar bem alto. Quero andar pelas ruas na madrugada, e sorrir até a barriga doer. Quero viver. E quero que você viva. Porque viver esperando por algo é viver pela metade. É esperar por um grande show quando você mesmo pode ser o personagem principal."

Novembro

Não que eu quizesse,

Mas as circunstâncias me modificam.

Me alteram, dependendo da forma que chegue à mim.

Não que eu seu seja intolerante,

Mas tenho ponto fraco, tenho meu limite, tenho meu pudor.

Se esbarrarem nisso, explodo impiedosamente.

"Brincadeiras" comigo, tem tempo e dosagem certa.

Portanto só me ofereça aquilo que você tem de verdade.

Se não for, me deixe em meu canto.

Tenho uma mania terrível de me deixar levar

Mais também uma percepção tremenda de quem não vale apena.

Sou "adoçada" a sua maneira.



(Patty Vicensotti)

Abraços

Rosangela Lessa


segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Gosto de Gente assim...com a cabeça no lugar, de conteúdo interno
idealismo nos olhos e dois pés no chão da realidade.
Gosto de gente que ri, chora, se emociona com um telefonema, uma canção suave, um bom filme, um bom livro, um gesto de carinho, um abraço, um afago.
Gente que ama e curte saudade, gosta de amigos, cultiva flores, ama os animais.
Admira paisagens, poeira e chuva.
Gente que tem tempo para sorrir bondade, semear perdão, repartir ternuras,
compartilhar vivências e dar espaço para as emoções que fluem naturalmente
de dentro de seu ser!
Gente que gosta de fazer as coisas que gosta, sem fugir de compromissos difíceis
e inadiáveis, por mais desgastantes que sejam.
Gente que colhe, orienta, se entende, aconselha, busca a verdade e quer sempre aprender
mesmo que seja de uma criança, de um pobre, de um analfabeto.
Gente de coração desarmado, sem ódio e preconceitos baratos.
Com muito amor dentro de si.
Gente que erra e reconhece, cai e se levanta, apanha e assimila os golpes,
tirando lições dos erros e fazendo redentoras suas lágrimas e sofrimentos.
Gosto muito de gente assim... como VOCÊ!
E desconfio que é deste tipo de gente que Deus
também gosta!
(Artur da Távola).

Grande Paulo Alberto, traduzindo sentimentos de tantas pessoas, me incluindo nesta extensa lista de admiradores de suas sensíveis crônicas.


Abraços,

Rosangela Lessa.

sábado, 29 de outubro de 2016

"Não sou para todos.
Gosto muito
do meu mundinho.
Ele é cheio de surpresas,
palavras soltas 
e cores misturadas.
Às vezes tem um céu azul,
outras tempestades.
Lá dentro
cabem sonhos
de todos os tamanhos.
Mas não cabe muita gente.
Todas as pessoas
que estão dentro dele
não estão por acaso.
São necessárias."
_Caio Fernando Abreu_


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Saudade


Saudade...
Palavra que só existe na lingua portuguesa...
E como pode significar tanto e ter tantas emoções embutidas!?

Diria que a saudade é uma palavra com varios sinônimos,pois não pode ser limitada a apenas sentir a falta de alguem .

Na minha opinião ela é muito mais vasta e intensa em suas variadas formas .
Tenho em mim varios tipos de saudade...

Saudade de um cheiro,de uma cena que tenha me marcado,de um olhar que ficou eternizado,de uma risada que nunca mais esqueci,de um momento de de paz absoluta que tenha conseguido atravez de uma meditação,ou de quando o vento suave me lambeu o rosto numa tarde de sol em pleno verão...

Ahhh e aquela saudade que vem do nada quando ao revermos um filme ou ouvirmos uma música , nos faz por segundos reviver uma sensação de algo que tenha nos marcado no exato momento em que tenhamos visto ou ouvido anteriormente essa musica ou filme ...

Pode ser apenas uma cena (do filme) ou um trecho(da musica)...
É como se o tempo voltasse e a emoção que sentimos é a mesma , ou pelo menos bem parecida.

E só sei, que a vida não teria a mesma graça , não fosse esse sentimento que nos disperta tao intensamente que é a palavra SAUDADE.

Ela nos faz sentir (na maioria das vezes) que valeu a pena viver cada um desses momentos .

Que a vida é muito melhor quando se tem na memória essa certeza de que, a qualquer instante,poderemos ter o prazer de voltarmos a sentir certas emoçoes, que nos fazem ver que estamos vivos e que a vida é muito mais preciosa quando se tem sente SAUDADE.

E que a saudade seja sempre uma boa companheira de todos .

Abraços

Ro

domingo, 4 de setembro de 2016

Ser Plena

"Me entenda. Eu não sou como um mundo comum. Eu tenho a minha loucura, eu vivo em outra dimensão e eu não tenho tempo para coisas que não têm alma."
__ Charles Bukowski

Essa frase de Bukowski me faz refletir sobre como tem sido as minhas escolhas e meu modo de agir atualmente.
Pois bem, nos últimos anos eu havia perdido muito da minha essência tentando agradar as outras pessoas,e me enganando e perdendo o melhor de mim que é minha loucura sã...e isso estava sendo uma verdadeira tortura... era como se meu Eu estivesse sofrendo constantemente uma poda sem fim.

E ai chega um momento que parece que finalmente minha alma extenuada clamou por socorro e me fez parar, pensar e me forçou a uma reconexão comigo mesma.

Sinceramente agora pensando sobre todo esse tempo que andei vagando sem mim, me fizeram sentir que eu precisava passar por tudo isso, pois foi como uma depuração, que me levou a uma limpeza e uma clareza mental que jamais imaginei chegar.

Foi ai nesse momento  que meu coração se abriu e uma luz entrou..Hoje o que sinto por mim é só amor, em primeiro lugar e sempre.Depois disso, tudo foi fluindo como um rio que só tem como limite o mar aberto e infinito.


Falando assim parece ter sido muito fácil, mas não,porque foi preciso ir ao fundo de mim mesma, sofrer, chorar e me recolher, para só então retornar a superfície e me olhar de frente sem medo, rancores ou desamor.

Hoje me sinto uma pessoa mais forte, decidida e determinada.
Hoje eu sei o que me pertence, e também o que não quero mais.
Hoje eu me amo acima de qualquer outra pessoa, pois sei que para amar um outro ser humano , antes é preciso que nos amemos a nós mesmos em primeiro lugar e sobretudo sempre.

Nesse tempo que me recolhi, senti renascer a verdadeira Rosangela que estava adormecida nos últimos anos, e sinceramente foi o maior presente que Deus poderia ter me dado.

Estou mais feliz do que acho que jamais fui.
Tenho a quem amar e sou amada e respeitada pelo que sou, com ou sem minhas loucuras, e não pelas concessões que tantas vezes fiz.

Ah e não guardo mais tranqueiras na minha vida, e isso se refere a coisas e pessoas ( sim, pessoas também podem atrasar sua vida, assim como aquele móvel velho ou revistas que você sabe que nunca mais vai ler , mas mesmo assim ainda deixa guardado).

A vida é curta e não vale o tempo que você desperdiça com banalidades.
E para terminar, só quero completar afirmando : AME-SE MUITO E SEJA FELIZ, SEMPRE!!! 

Abraços,

Rosangela Lessa

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

CADA UM DÁ O QUE TEM.

Uma vez ouvi uma frase que jamais esqueci: " A boca fala do que o coração está cheio."

Não que acredite que ela sempre esteja 100% correta, mas que na grande maioria dos casos SIM.

A convivência nos faz ver e sentir , que grande parte do que falamos ou pensamos , é porque de algum modo isso é verdadeiro dentro de nós , como uma raiz , ou mesmo uma planta que começa a brotar .

Ninguém gosta de ser ofendido ou agredido verbalmente por quem quer que seja.
Ainda mais vindo de pessoas que nutrimos algum sentimento ou carinho.
E acredito no contrario também...É muito ruim quando agredimos com palavras e depois nos arrependemos de algo que falamos com quem amamos.

Mas vou ser muito franca sobre isso; da mesma forma que perdoar uma, duas , três vezes é até visto como normal (o que eu não concordo), quando esse tipo de situação se torna frequente, é porque já passou da hora de nos libertamos dessa pessoa.

Acho muito cômodo dizer depois de ofender , que foi sem querer , que não veio do coração e blá blá blá.
Assim até seria, limitando-se ao número máximo de vezes que aqui coloquei.
Passando disso é cretinismo, má fé, falta de humanismo .

Nós mulheres temos sido ao longo dos tempos , agredidas de todas as formas possíveis , tratadas como objeto de uso e desuso de certos homens que sempre se mostraram opressores.

É uma classe de machões idiotas , que fazem da covardia uma arma poderosa para nos acuar e que com certeza um dia terão uma resposta merecida , seja em castigo de se verem sozinhos e sem quem os ame, ou então se arrependerem e virarem ai sim "Homens de Verdade".

Mas sinceramente tenho minhas duvidas sobre essa tão esperada redenção, pois geralmente pessoas assim se acham acima do bem e do mal ...
praticam todo tipo de injustiça e se acham os reis do universo.

Sendo assim o melhor lugar deles é longe de nós... e que esse longe de preferencia seja no mínimo em outro planeta.

Terminando, quero dizer que apesar disso , ainda acredito , confio e conheço homens maravilhosos , que sabem valorizar uma mulher, tratar com carinho , respeito e doçura .
Ainda bem, não é?! :)

Beijos

Rosangela Lessa


terça-feira, 26 de julho de 2016

Muitas pessoas ficam pra trás no caminho de quem está ativamente se transformando.
Quando você muda seus padrões de pensamento consistentemente, muita coisa que você costumava gostar e fazer muda junto.
Às vezes sem que você nem se dê conta.
Alguns papos não servem mais. Algumas amizades também não.
Sua expressão muda. Seu rosto muda. Sua rotina muda. Seu sorriso muda. Seus hábitos mudam.
O que você sente muda. Seu olhar sobre a vida muda.
Seu olhar fica vivo. Acordado.
Não é possível mudar e levar o seu mundo de hoje junto.
Tudo muda no caminho. Absolutamente tudo.
Algumas coisas vão junto com você, pois também se transformam.
Muitas outras ficarão para trás.
E devem ficar.
É que são universos diferentes.
E a ponte entre um universo emocional e outro muitas vezes tem de ser definitivamente destruída depois de você atravessar.
Não existe volta.
Destruir e criar são parte do mesmo processo. Não se cria nada novo, sem deixar para trás o antigo.

E é bom que aconteça assim, pois água parada cria limo.

Abraços,

Rosangela Lessa.

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Eu sou assim.

Ela é de capricórnio e eu só preciso te advertir que apesar do que possam falar e do que digam os horóscopos de revistas de fofoca, ela tem sim Coração. E ele é grande, toma conta do corpo quase todo. Ela é toda coração, ela só não expõe numa vitrine pra todo mundo ficar olhando. Ela gosta de saber onde tá pisando e ainda assim tem sempre um pé atrás ou dois. Ela já se machucou e as feridas que demoraram a cicatrizar, ela trata com respeito. Não permite que ninguém fique futucando, tirando casquinha ou remexendo na sua dor, mas se algum dia você se mostrar de verdade e ela te enxergar e vir sinceridade em você, ela vai se mostrar e se entregar por inteiro.

Ela gosta de ter tudo planejado na sua cabeça, embora nem sempre – ou quase nunca – siga seus planos. Ela dá valor aos seus objetivos e geralmente vai até o fim pra conseguir o que quer. Ela é independente e dá valor a isso. Por isso não diga que é ganância quando ela exigir ser recompensada pelo seu trabalho duro e quando ela der valor a tudo o que construiu. Ela pode parecer fria como gelo. É uma imagem comum que se faz dela. Mas no fundo e por dentro ela é quente e arde. Ela arde de prazer pelas coisas que ama, pelos sonhos que tem, pelas coisas que deseja conquistar. Ela é quente que nem o seu abraço mais verdadeiro e como o seu beijo mais apaixonado.

Ela é apaixonante e isso te apavora, eu sei. Ela também tem medo de se deixar apaixonar, mas quando descobre o amor próprio, ninguém é capaz de amá-la mais do que ela mesma! E como isso é bonito sobre ela. Esse é só mais mistério que ela tem. Mas no fundo, é lógica como um jogo de xadrez, onde se tem que analisar todas as probabilidades antes de avançar. No amor também age como no jogo, então se ela se entregou é porque acredita.

Ela se entrega às causas que acredita e se põe no lugar do outro como ninguém. Ela é tão intensa quando se trata de emoções, cara. Ela chora com músicas melancólicas e ri de piadas sem graça. Ela se comove com filmes que não são tão óbvios e até com comercial de dia dos pais na TV. Ela dá valor às relações, independente da duração. Pra ela o que vale é a intensidade, porque é isso que ela é. Quando ela sente, sente mais do que qualquer um no mundo, para o bem e para o mal.

Quando sorri, o mundo se ilumina. Quando fica triste, se fecha. Mas, ela não precisa necessariamente estar triste para se voltar pra si mesma e querer ficar sozinha. As vezes é só um momento. E quando ela quiser estar só, deixa ela. Ela vai se fechar por um tempo, ficar mais calada, pensar mais, agir menos, porque é isso que ela faz. Mas fica tranquilo, ela volta e volta ainda melhor.
(Carol Nepomuceno)


Beijos,
Rosangela Lessa.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

"Tem gente que Deus coloca na nossa vida só pra nos dar paz.
Que nos empurra pro melhor de nós, que nos guia pro caminho do bem.
Gente que é sorriso em dia feio, que é suporte quando parece faltar chão.
Tem gente que pensa e repensa jeitos de nos fazer bem, que se preocupa e demonstra. Gente que é abraço, mesmo de longe, e a certeza que tudo vai dar certo.
Que empresta coração pra gente morar, que planta pensamentos bonitos nos dias da gente. E reforça nossa fé no ser humano!
Gente que merece o que de mais bonito a vida tem a oferecer... A esse tipo de gente: amor, oração e gratidão eterna."



E que seja sempre assim,
Amém!

Rosangela Lessa

domingo, 3 de julho de 2016

Nunca mais.

Nunca mais outra procura.
Nunca mais o perdão.
Nunca mais o doar sincero.
Nunca mais o esquecimento dos erros passados.
Nunca mais a carícia ao escrever.
Nunca o amor sem retribuição.
Nunca mais a espera do que jamais viria.
Nunca mais a gentileza e o cuidado.
Nunca mais a sinceridade e a espontaneidade.
Nunca mais o carinho leal.
Nunca mais a utopia.
Nunca mais o mesmo olhar.
Nunca mais o acreditar.
Nunca mais o aceitar de volta.
Nunca mais o meu melhor.
Nunca mais a amizade real.
Nunca mais...

Hoje não tem abraços,Nunca mais!!!
Só Adeus.

Rosangela Lessa

terça-feira, 26 de abril de 2016

Reflexões

Se você não gosta de mim e do meu jeito, com licença, mas to nem aí pra você.
Cheguei a essa altura da minha vida em que o mais importante é eu estar de bem comigo mesma e com minha consciência, e o mais não me diz respeito ou me afeta.
Já fui mais sensível a opiniões alheias, mas hoje, pessoas, fatos e coisas que me fazem mal  simplesmente descarto do meu convívio.
Só quero a companhia e a energia boa dos que me são especiais e que jamais quero perder.
Quanto as críticas, sinceramente não me afetam , a não ser que venham de pessoas que sei que me amam e me aceitam como sou... desses eu até aceito , mas também não digo que vou concordar, pois discordar é um direito de todos.
A vida tem me ensinado a pensar mais no agora e deixar as coisas fluírem...
É tão bom pensar dessa forma,pois evita tanto os atritos quanto os arrependimentos.
No mundo atual em que estamos, onde tudo acontece com tal velocidade e desespero de estar sempre querendo tudo pra ontem, curtir o agora se tornou artigo de luxo, e esse luxo eu não me permito deixar de lado.
Amar, sonhar, sentir, desejar, viajar, rir e ser plena como mulher e pessoa fazem parte desse novo pacote, que não abro mão de ter em minha vida.
Sinceridade também fazem parte e o o resto o nome já diz tudo: é só o resto.
Vale a pena tentar se ligar mais nisso e não deixar que o corre corre da vida nos engula, pq vai chegar um dia em que se olharmos pra trás não mais nos reconheceremos, e com certeza  nos faremos a seguinte pergunta: Onde eu me esqueci de mim e dos meus sonhos?

Abraços

Rosangela Lessa

domingo, 24 de janeiro de 2016

Das constatações...Eu não sou tão forte quanto eu previa, nem tão fraca quanto eu temia.Não tenho o passo rápido como eu gostaria, nem paraliso como poderia. Aprendi a me equilibrar nos extremos. Se não tenho o direito de escolher todos os acontecimentos, me posiciono de acordo com os fatos. No final, o que me move não é forte o suficiente pra me derrubar, mas é intenso o bastante pra me fazer ir além.
(Fernanda Gaona)


Abraços,

Rosangela Lessa.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2016





"Acho que é isso que falta na vida da gente: mais palavras bonitas e menos cara feia. Mais olhares sinceros e menos grosseria. Mais sorrisos cúmplices e menos palavras duras. Mais educação e menos pressa. Mais respeito e menos julgamento. Mais humanidade e menos falta de respeito. Mais doação e menos egoísmo. Mais mãos dadas e menos individualidade."
(Clarissa Corrêa)

Precisava compartilhar essas palavras tão atuais na minha vida e talvez na de outras pessoas.

Abraços

Rosangela Lessa.

Máquinas ou Humanos?

Relendo a famosa frase de Jonh Lennon : "A vida é aquilo que acontece enquanto fazemos planos " que me veio a vontade de escreve...