terça-feira, 21 de junho de 2011

Desnudar-se

"Multipliquei-me, para me sentir


Para me sentir, precisei sentir tudo,

Transbordei, não fiz senão extravasar-me,

Despi-me, entreguei-me,

E há em cada canto da minha alma um altar a um deus diferente."



Álvaro de Campos (Fernando Pessoa)
 

domingo, 19 de junho de 2011

Aqui Pensando

O inverno promete muito frio , pois nem bem chegou e já nos tem antecipado com temperaturas baixíssimas e noites em que  o que mais desejamos  é um bom chá, ou então um delicioso chocolate que nos aqueça e nos faça esquecer um pouco dessas noites geladas.

Mas não é bem sobre isso( a estação Inverno) que gostaria de falar um pouco...mas sim de relações em que o inverno parece ter se instalado para nunca mais acabar.
São pessoas que até  pouco tempo ,nos faziam sempre ver o lado bom do viver ..amizades ou amores que no cotidiano nos aqueciam com seu jeito sempre tão especial e saudável de nos tratar.
E hoje o que vemos é o quanto nos parece ser uma verdadeira miragem esse voltar atras ...

Alguns dias ate nos surpreendemos com um flash do que de bom se passou , mas logo depois voltamos a real e verdadeira faceta de que o presente é muito mais duro e imperfeito e com ele, as relações que um dia tanto nos fizeram bem e hoje  só conseguimos olhar com ressentimento ,distancia e incredulidade de que um dia foram realmente boas em nossas vidas.

Mas voltando ao Inverno , dizem que nossas vidas são dividas em estações( o que alias ja fiz uma postagem sobre isso)...e aqui e agora me sinto situada e ate bem tranquila em dizer que concordo com essa tese, pois tirando as relações perpetuas que temos em nossa existência( pai, irmãos e alma gêmea..sim eu acredito nessa ligação romântica e esotérica), as outras todas são como estações ...existem as que são nossos verões, com seu calor e alegria que parece nunca ter fim ; as outono que a principio nos desnudam , como as folhas que nessa época caem ; o inverno  com sua frieza ,mas que nem por isso deixamos de nos sentirmos atraídos e  a primavera que nos trás as cores  de verdadeiras flores exuberantes ao nosso viver.

Enfim apesar de sofrermos algumas vezes , sempre superaremos , isso não tenho dúvida alguma.
É assim que devemos ver a Vida : como estações , que assim como as de trem , nos levam sempre a viajarmos por lugares( alguns tristes e outros felizes) e coisas e pessoas que de alguma forma nos farão ver o mundo e a própria vida de forma Única , Verdadeira e Feliz.

Beijos ;)

Rosangela Lessa


sábado, 11 de junho de 2011

Miscelânea Informal: Dia dos Enamorados

Miscelânea Informal: Dia dos Enamorados: "Fiquei algum tempo pensando nessa data tão especial que é o Dia dos Namorados , e então voltei no tempo, onde comecei a recordar o quanto de..."

Dia dos Enamorados

Fiquei algum tempo pensando nessa data tão especial que é o Dia dos Namorados , e então voltei no tempo, onde comecei a recordar o quanto de magia existe nesse dia criado não por algum Deus ou Deusa do Amor , mas sim de uma história muito bonita :

"O Dia dos Namorados ou Dia de São Valentim é uma data especial e comemorativa na qual se celebra a união amorosa entre casais sendo comum a troca de cartões e presentes com simbolismo de mesmo intuito, tais como as tradicionais caixas de bombons. No Brasil, a data é comemorada no dia 12 de junho. Em Portugal também acontecia o mesmo até há poucos anos, mas atualmente é mais comum a data ser celebrada em 14 de Fevereiro.


A história do Dia de São Valentim remonta a um obscuro dia de jejum tido em homenagem a São Valentim. A associação com o amor romântico chega depois do final da Idade Média, durante o qual o conceito de amor romântico foi formulado.

O bispo Valentim lutou contra as ordens do imperador Cláudio II, que havia proibido o casamento durante as guerras acreditando que os solteiros eram melhores combatentes.
Além de continuar celebrando casamentos, ele se casou secretamente, apesar da proibição do imperador. A prática foi descoberta e Valentim foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso, muitos jovens lhe enviavam flores e bilhetes dizendo que ainda acreditavam no amor. Enquanto aguardava na prisão o cumprimento da sua sentença, ele se apaixonou pela filha cega de um carcereiro e, milagrosamente, devolveu-lhe a visão. Antes da execução, Valentim escreveu uma mensagem de adeus para ela, na qual assinava como “Seu Namorado” ou “De seu Valentim”.

Vejam que coisa mais linda e carregada de simbolismos de milagre, ternura, emoção,respeito,doçura e paixão.
E ainda hoje vemos variadas e incriveis histórias de pessoas que apaixonadas se entregam a seus amores e por eles são capazes dos mais lindos e sinceros atos de amor puro e sincero.

Já tive momentos encantadores nesse dia  (e continuo tendo)mágico e envolto em tanto mistério e emoções.
Dias em que mesmo estando sozinha , nunca deixou de ser um dia mais que especial em minha vida , sempre o vi como uma data mais que festiva e alegre , jamais me senti chateada ou frustrada por estar sem ninguem nessa data.

E tambem  já tive surpresas como conhecer alguem que se tornou um grande amor justamente nesse dia , muita sorte não é ?! rsrs ...ou nao , vai saber , porque enfim acabou .

Mas continuando minha tentantiva de falar um pouco sobre esse dia , deixo aqui minha intenção e porque nao, desejo , de que todos possam ter a felicidade de com seu amor ou sozinhos , vivenciarem esse lindo dia como ele merece , ou seja , com muito amor , alegria e paixao no coração , pois com certeza muitos outros dias mais felizes e amorosos atrairemos em nossas vidas .

Feliz dia Dos Namorados Pra Todos Voces!!! s2

Beijos

Rosangela Lessa







terça-feira, 7 de junho de 2011

Filosofando

Como começar a escrever sobre o próprio sentir , se nem sei ao menos o que estou sentindo?

Há dias em que os sentimentos ficam tão embaralhados que é muito dificil e por que nao dizer, complicado ,  conseguirmos expressar com clareza o que se passa dentro de nós.
Muita vezes me pego pensando como pode ser tão inexplicavelmente confuso nos abrirmos pra nós mesmos ,e para outros tambem, se esse ser que habita dentro de cada um é parte integral e absoluta de nosso sentir , amar, desejar e respirar.

Mas talvez seja essa  nossa tão famosa autocritica, sempre uma fiel desencorajadora de nossos anseios de liberarmos de dentro do coração ,alma e cabeça; os medos ,paixões,magoas e loucuras que habitam e pedem, incessantemente por liberdade.

Mas filosofias a parte , o que gostaria mesmo, era de poder gritar bem alto, tudo que venho guardando a tempos dentro de mim e depois dessa faxina emocional , sair correndo e sorrindo feliz por nao ter que segurar  nunca mais em minha vida , nem os sentimentos bons , nem ou ruins .

Ah como seria maravilhoso se todos pudessemos ter essa liberdade de podermos ser e demonstrar o mais claramente possivel ,o que vai no intimo de que cada um , sem julgamentos e cencuras .

E assim sermos aceitos e amados  não pela imagem que querem que tenhamos ,mas sim pela nossa real e verdadeira essencia de seres humanos imperfeitos e fabulosos que somos.

E desculpe se mais uma vez nao consegui expressar bem o que pretendia com esse desabafo ,mas acho que de qualquer forma , valeu a pena .

Abraços

Rosangela Lessa

Máquinas ou Humanos?

Relendo a famosa frase de Jonh Lennon : "A vida é aquilo que acontece enquanto fazemos planos " que me veio a vontade de escreve...