sábado, 7 de maio de 2011




Cio




Quero dormir com você ou pelo menos

Te dar um beijo na boca

O meu amor não tem pudor, nem acanhamento

Não tem paciência, não agüenta mais

A urgência do desejo

E eu te olho, te olho, te olho

Como se dissesse.



Penso, ele há de perceber, me encosto um pouco

Espero um gesto, um sinal, uma atitude

Que eu possa interpretar como uma resposta,

Uma indicação,

Mas você é um homem sério e continua

Se escondendo atrás dessas teorias

E nem te brilha no olho uma faísca de tentação.



Aí que aflição

Pensar no que eu faria

Se pudesse.



Desejo que não acontece

Fica parado no peito

Aí vira obsessão.

Bruna Lombardi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poesia

Quero dividir com voces esse lindo poema da MARAVILHOSA poetiza ,atriz e tambem cantora Elisa Lucinda. É simplesmente tudo que eu gostaria...